Paracatu: PM ajuda a salvar bebê engasgado

http://www.paracatunoar.com/wp-content/uploads/2018/02/pm-bebe-engagasgado.jpgParacatu: PM ajuda a salvar bebê engasgado





Na noite de 29Jan18, por volta de 23h00, os policiais militares CB FRANCO e CB ALEXANDRE estavam de serviço como tele atendente e telefonista da Sala de Operações da Unidade, emergências policiais via 190.

Em uma das ligações recebidas pelo CB FRANCO, a solicitante GISELE alegava que sua filha Elisa, recém-nascida de 12 dias estava engasgada. O militar calmamente e de forma profissional orientou a mãe da criança sobre como utilizar as técnicas de socorro pré-hospitalar para desobstrução de vias aéreas em recém-nascidos. A mãe conseguiu retirar parte do líquido que estava obstruindo as vias aéreas da criança, quando esta voltou a respirar ainda com dificuldades.




Neste momento, devido à proximidade do local dos fatos com o Batalhão da Polícia Militar e dado à necessidade de cuidados especiais com a criança recém-nascida, que a situação ainda requeria, a equipe da sala de operações decidiu verificar se os procedimentos orientados haviam sido eficazes.

O CB ALEXANDRE deslocou até a residência da solicitante e observou que a bebê ainda estava com as vias aéreas obstruídas, sendo realizadas técnicas para desobstrução, logrando êxito em expulsar bastante líquido na boca e nariz da recém-nascida, normalizando a respiração dela, naquele momento.




A criança está em situação normal e passa bem. Posteriormente a genitora da criança compareceu até a Sede do 45º BPM acompanhada de sua filha, para que como forma de agradecimento pelo empenho, dedicação e profissionalismo demonstrado pelos dois militares que a atenderam, estes conhecessem esse pequeno ser ao qual auxiliaram em um momento tão extremo e perturbador. Coincidência ou não, recentemente estes mesmos militares também de serviço no atendimento ao telefone de emergência policial, auxiliaram no salvamento de outra criança recém-nascida, sendo esta já a segunda vez que eles agem nesse tipo específico de ocorrência.

Fonte: PMMG



Comentários no Facebook