Presos fogem de presídio de Luziânia após detento responsável por limpeza serrar cadeados




Fonte: G1 GO

 

Presos fugiram do presídio de Luziânia durante banho de sol (Foto: Giliardy Freitas/TV Anhanguera)

Presos fugiram do presídio de Luziânia durante banho de sol (Foto: Giliardy Freitas/TV Anhanguera)




Um grupo de 10 presos fugiu neste sábado (6) da penitenciária de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o preso responsável pela limpeza do corredor e fornecimento de alimento serrou os cadeados de uma cela e da grade de contenção do pavilhão.

A fuga aconteceu por volta de 11h, durante o banho de sol na unidade. Os internos que conseguiram escapar já foram identificados.

Equipes de Goiás e do Distrito Federal foram acionadas e estão em busca dos foragidos. A DGAP determinou a abertura de uma sindicância para apurar os fatos.

Semana de fugas e rebeliões

A fuga aconteceu na mesma semana em que presos se rebelaram três vezes no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Em um dos motins, nove internos morreram e 14 ficaram feridos.




Na mesma semana, dois agentes prisionais de Anápolis foram assassinados após sairem do trabalho e um preso encontrado morto dentro da penitenciária da cidade.

Na sexta-feira, o coronel Edson Costa foi empossado como titular da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), órgão criado pelo governo para cuidar exclusivamente do sistema prisional em Goiás. Na solenidade, ele afirmou que vai transferir os detentos mais perigosos para presídios estaduais, alguns ainda em construção, para evitar novos conflitos.

“Com essa nova direção, vamos também estratificar a população carcerária. Estamos construindo cinco unidades estaduais e os presos mais perigosos, faccionário e com liderança negativa, vão ser transferidos para essas unidades sem regalia, distantes da família”, disse.




Comentários no Facebook