Suspeito de matar a namorada é preso em Paracatu

Suspeito de matar a namorada é preso em Paracatu





As informações são da Polícia Militar

Por volta de 11h03min, terça-feira, 07Nov17, policiais militares deslocaram até o hospital municipal, onde um homem informou que recebeu uma ligação confidencial de seu cunhado F. C. P. D. S, 26 anos, o qual é namorado de sua irmã L. P. G, 35 anos, e segundo F. C. P. D. S estava na residência de L. P. G, tendo ela passado mal, sendo necessário conduzi-la ao hospital.

No entanto, segundo o irmão de L. P. G quando chegou ao hospital, F. C. P. D. S já não estava e procurou informações sobre o estado de saúde de sua irmã, foi informado pela médica de plantão que L. P. G havia entrado em óbito.




A médica informou que no momento em que F. C. P. D. S chegou com L. P. G ao hospital, ela estava com parada cardíaca e que foram feitos vários procedimentos de reanimação, mas a moça não resistiu. Também relatado pela médica que na entrada de L. P. G, ela já estava sem pulso e com hematomas faciais, lesão nos lábios e narinas.

Após a confirmação do óbito, F. C. P. D. S disse que iria buscar os documentos de sua namorada, porém não retornou. Segundo informações, F. C. P. D. S era muito ciumento e que L. P. G constantemente aparecia com hematomas e escoriações na face e pescoço, porém sempre negava que sofria agressões por parte do namorado.




Os militares deslocaram a residência da vítima, no BAIRRO CHAPADINHA, em contato com uma vizinha, ela relatou que por volta de 09h40m, F. C. P. D. S chegou a frente à sua residência e lhe entregou as chaves e carteira de identidade de L. P. G. No entanto, ela estranhou porque o veículo dele, um GM/CORSA de COR VERMELHA, estava cheio de roupas desorganizadas no banco traseiro e que F. C. P. D. S nunca tinha ido a sua residência para deixar chaves.

A vizinha perguntou sobre L. P. G e F. C. P. D. S informou que ela estava no posto de saúde. A perícia compareceu ao imóvel da vítima e localizaram marcas de sangue na calçada, no lençol e travesseiro da cama, além de vários chumaços de cabelos espalhados na cama, sala e cozinha. Em continuidades aos rastreamentos do autor, por volta de 21h30min, militares localizaram e prenderam o autor F. C. P. D. S após receberem denúncia anônima que ele estava na RUA HELOI FERREIRA DA SILVA, BAIRRO SÃO JOÃO EVANGELISTA.




Ele disse que não acionou a polícia e não aguardou no Hospital porque ficou com medo de possíveis reações por parte dos familiares da vítima e ele ainda informou que teve uma discussão com a vítima. A irmã e o cunhado do autor relataram que F. C. P. D. S chegou à sua residência na parte da tarde e que ele não entrou em detalhes do ocorrido, sabendo do crime por meio de aplicativo de mensagens. O autor foi conduzido até a delegacia de Polícia Civil.



Comentários no Facebook