Final de semana violento em Paracatu

 

Militares tiram de circulação mais uma arma de fogo
Em PARACATU/MG, 06Out12, por volta das 01h32min, os militares realizavam patrulhamento pelo RUA LADEIRA MARIANA, bairro VILA MARIANA, quando deparam com o veículo GM/Celta cor prata, placa HLQ-9990 estacionado em via pública, com 02 (dois) ocupantes em seu interior, em atitude suspeita. Os militares procederam abordagem ao veículo e constataram que se tratava de um casal de namorados. Ao realizar vistoria e buscas no interior do veículo, foi encontrado ao lado do banco do motorista, 01 (UM) REVÓLVER CAL .32 COM 01 (UMA) MUNIÇÃO INTACTA. Diante dos fatos a arma de fogo e a munição foram apreendidas, sendo o condutor do veículo preso em flagrante e conduzido, juntamente com o material apreendido, para a delegacia. O veículo foi liberado para outro condutor, conhecido do motorista.

 

Arma apreendida
Militares efetuam a prisão de autor de ameaças e apreendem uma arma de fogo de sua propriedade

 

Em PARACATU/MG, 06Out12, por volta de 11h15min, policiais militares compareceram na RUA SÃO SEBASTIÃO, POVOADO PORTO BURITI, ZONA RURAL, onde segundo a vítima 30 anos, o seu amásio, o autor NILTON PIRES DA SILVA, 39 anos, por motivo de ciúmes havia lhe ameaçado de morte, tendo o pai da vítima entrado em sua casa para defendê-la, momento em que foi agredido pelo autor NILTON, causando-lhe arranhões e hematomas no braço e cotovelo direito. Ainda, segundo a vítima, o autor possuía uma espingarda com a qual lhe fazia as ameaças. Os militares lograram êxito em localizar arma de fogo, sendo uma espingarda polveira, calibre .36. Diante dos fatos, o autor foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia, juntamente com a arma apreendida.

 

Homicídio Consumado
Em PARACATU/MG, 07Out12, por volta de 00h05min, a sala de Operações recebeu informações de que havia ocorrido um homicídio na AVENIDA OLEGÁRIO MACIEL, CENTRO, em frente à Prefeitura Municipal. De imediato militares deslocaram-se até o local, onde a vítima já havia sido socorrida ao Hospital Municipal por terceiros. Os militares isolaram o local e, de acordo com testemunhas que estavam próximas, o autor trajava no momento uma bermuda cinza com detalhes preto e um blusão de cor escura de capuz. Segundo informações o autor teria chegado até a vítima EDUARDO DE OLIVEIRA GONÇALVES, 18 ANOS, que encontrava-se sentada em um banco conversando e, de posse de um revólver calibre .38, cor Preta, efetuou um disparo o qual veio atingir a vítima EDUARDO na face, lado direito. Posteriormente, o autor tomou rumo ignorado. As características e nome do autor foram repassadas via rede de rádio para todas as guarnições do turno, que iniciaram rastreamentos.  Posteriormente os militares deslocaram ao Hospital Municipal, onde foram informados pela Médica de Plantão que a vítima teria dado entrada naquele hospital ainda com vida, porém não resistiu ao ferimento e veio a óbito. Os militares obtiveram informações de que o motivo do crime estaria relacionado a disparos de arma de fogo na residência do autor na data de 06/10/2012, conforme Boletim registrado. Rastreamentos continuam no intuito de localizar e prender o autor.

 

 Homicídio Consumado
Em PARACATU/MG, 07Out12, por volta de 00h31min, policiais militares compareceram a RUA DERCÍLIO DIAS, S/N, BAIRRO PARACATUZINHOonde depararam com o corpo do adolescente BRUNO PIRES DE OLIVEIRA, 15 ANOS, caído na posição dorsal em via pública, já sem vida, o qual apresentava várias perfurações pelo corpo. Diante do exposto, o referido local foi isolado, onde compareceu o perito que removeu o corpo para o Necrotério Municipal para realização de seus trabalhos. Segundo informações de terceiros, no local, o adolescente estava com uma bicicleta na cor preta (smd), e não souberam informar o motivo do homicídio. O perito relatou que o corpo da vítima apresentava 06 (seis) perfurações provenientes de arma de fogo, possivelmente revólver calibre .38, e uma perfuração com arma branca (faca) . Foi localizado próximo do local do homicídio a referida bicicleta e um aparelho celular, os quais estavam com a vítima horas antes do crime, e foram reconhecidos por familiares da vítima. Rastreamentos estão sendo feitos no intuito de identificar e prender o (s) autor (es) do fato. Os militares foram informados por terceiros que a vítima BRUNO tinha envolvimento com o tráfico de drogas. Familiares da vítima não souberam informar se ele estava sendo ameaçado de morte.

Comentários no Facebook